Declaração

Antes de te conhecer, a minha vida era uma confusão. Andava sempre atarefado de um lado para o outro sem tempo para mim próprio… não tinha tempo nem para me alimentar em condições.

Mas agora que te conheci a minha vida melhorou, já tenho mais tempo para mim e estou feliz porque consigo ter tempo para ti e para as outras coisas…. por isso tenho a dizer.

Amo-te Kayako!

(dedicatória do cenourinha ao sistema de gestão de tickets do webtuga)

Pode ser teo, mas meo é que não é…

Pois é, à cerca de 2 meses fui abordado na rua por um agente da MEO a impigir-me o serviço. Como até estava interessado no serviço, fiquei uns minutos a escutar o tal agente e pedi-lhe que para confirmar se a minha zona era MEO.

Ele lá telefonou para alguém que lhe confirmou que estava disponível o serviço na minha zona.

Fiquei uma semana a verificar o feedback e tentei contactar o agente para ele ganhar o meu “referer”, no entanto não o consegui contactar, foi então que decidi fazer a adesão online. Tudo bem, passado uma semana recebi um documento em casa para preencher e enviar por correio, mas como passado dois dias recebi uma chamada da MEO a confirmar a adesão e que iam proceder à instalação, tudo bem. Ficou então a data de instalação marcada para hoje, dia 21 de Maio, pelas 2 horas da tarde.

Durante este tempo, experimentei o sistema de cobertura on-line onde aparecem os Gato Fedorento, e confirmei que realmente era uma zona meo ( nada que já não soubesse ).

Este Domingo recebi uma SMS a confirmar a data. Tudo bem.

Hoje como fiquei em casa devido a não ter aulas ( treta da Semana Aberta que este ano é só 2 dias, portanto nem sequer pus lá os pés ), estava eu na blogagem diária, quando pelas 10:30 da Manhã recebo uma chamada de alguém da meo a informar que afinal não é uma Zona Meo.

Deixem-se só ir ali novamente ao Verificador online ver se ainda tenho cobertura do serviço…

Confirma-se… tenho cobertura, ou não? Ah? Hein? Desisto…

Tão pah! Porque é que o meo pode ser teo e meo não?!

Re-Começo das aulas = – conhecimento adquirido

Pois é, as aulas começaram para mim na passada segunda-feira, o que quer dizer que a partir de esse dia a percentagem de conhecimento adquirido diminui.

Isto porque o conhecimento que adquiro na escola ou já sei ou então não me diz nada… seja, a nível de informática ainda vou aprendendo algumas coisitas, como o Make OS x tijer, mas de resto nada mais aprendo.

A Português estou a ler um livro bastante conhecido escrito por um bebado e delinquente que viveu à 500 anos e tinha a mania de ir à pesca para os lados da India com o Vasco da Gama, ainda por cima era mal educado.

Em educação física aprendi que fazer esforço física causa terriveis dores de costas. Tenho portanto o corpo todo dorido.

As restantes disciplinas são de informática, visto que foi-me negado assistir às aulas de Matemática.

Será que vale a pena andar lá só para ter o CANUDO?

[All keda] Aula 1 – Como matar velhotas

Hoje tive a minha primeira aula de conduç… da All Keda de como matar velhotas.

Apesar da aula se aplicar em parte às velhotas, podemos incluir também os velhotes. O processo é algo semelhante às aulas dos Bombistas na All Keda, no entanto o objectivo é algo que tem mais lógica.

Seja, enquanto que o bombista vulgar da all keda tem que explodir com o máximo de pessoas possível para demonstrar a sua Fé a Alah… esta vocação tem como objectivo atropelar o maior número de pessoas de idade de forma a estas não receberem reforma e a reservar a nossa reforma num futuro próximo.

 

Portanto, quanto menos velhotes existirem, menos dinheiro é desperdiçado em reformas, logo as reformas aumentarão, logo eu receberei uma reforma maior.

Isto sim, é pensar no futuro.

Testing Windows Live Writer

WTF? Isto ta cada vez pior, imaginem lá que estou a testar o Windows Live Writer.

A magsafe do macbook derreteu e como não quero causar um curto circuito cá em casa, já não ligo mais ao macbook para não haver prejuizos maiores.

Bem, cá estava eu a usar o Windows, quando sempre que tentava fazer um download ou executar a linha de comandos, este reiniciava.

Foi então que descobri que o Windows estava infectado por um vírus que estava entre os mp3’s que transferi do macbook para aqui.

O vírus cria multiplos ficheiros com o mesmo nome da pasta em que se enconta e com o icon default duma pasta do Windows. O vírus ainda procura por endereços de e-mail no sistema de forma a poder propagar-se na grande rede Internet.

Win32.Brontok.A@mm

É este o nome do bixo… Foi então que decidi usar um Anti-Virus Online, o BitDefender ( só corre na espécie de browser devido ao ActiveX ).

Este lá detectou todos os ficheiros infectados e removeu-os. Agora já posso trabalhar normalmente ( sim, normalmente = com problemas do custume ) aqui no Windows.

Estou a testar o Windows Live Writer, até me parece uma aplicação porreirita. Vamos lá ver como fica o post no blog.